Social Icons

twitterfacebookgoogle pluslinkedinemail

sexta-feira, 5 de julho de 2002

Ford bem representada em Rio Verde

Reportagem publicada na edição nº656, de julho de 2002, do Jornal Folha do Sudoeste (o jabá)

Há cerca de um ano, Rio Verde foi alarmada com a notícia do fechamento da única concessionária Ford da cidade, houve diversos murmúrios sobre o real motivo do da iniciativa tomada pelo grupo comercial que dirigia o empreendimento. Mas sem dar atenção à maledicência, o empresário Reginaldo Gomes Maia, no dia 27 de junho de 2001, inaugura a revenda Ford Regivel de Rio Verde.

Investimento alto, tendo em vista o estado de conservação que se encontravam as dependências onde hoje está instalada a loja, cerca de 1,5 mil m² de área construída que abriga o departamento de vendas, administração, revenda de peças, garagens, oficina mecânica, lanternagem e pintura.

Reginaldo Gomes, que já possuía longa experiência de sucesso para com outra revenda Ford, a Regivel de Jataí, sem desperdiçar a oportunidade que surgira com o fechamento da antiga revenda, apostou no progresso vigente que se encontra a economia rio-verdense. “A gente sempre teve vontade de ter em Rio Verde pelo menos um ponto de venda, surgiu esta oportunidade, então nós resolvemos investir aqui pelo crescimento, pelo desenvolvimento que Rio Verde hoje atravessa”, explicou Reginaldo.

Apostou e ganhou, visto pela boa aceitação da concessionária, assim como a marca na cidade. Nestes 11 meses de Rio Verde, a Regivel já comercializou quase 200 unidades Ford através de venda direta. Isso se dá, principalmente pela diversidade de classes econômicas que a revenda atinge. “Atingimos a todas as áreas de Rio Verde, do mais simples comerciante ao mais alto empresário, nós temos carros para todos os seguimentos”, completou Reginaldo Gomes.

Sendo Rio Verde uma cidade ainda de base econômica agrícola, o agropecuarista também está demonstrando boa aceitação para com a marca, já que a Ford hoje oferece uma grande linha de veículos utilitários de pequeno e médio porte. Além das vantagens que marca provêm pela qualidade e desempenho alcançado por sua linha de caminhonetes, existem as facilidades de pagamento que o agricultor encontra na Regivel, que é o FCO do Banco do Brasil, específico para veículos de carga, que consiste num financiamento de 5 anos, 2 anos de carência e 3 para pagar e o Plano Fazendeiro, que possui parcelas dividas de 6 em 6 meses, se adequando as possibilidades financeiras do empresário rural.

Além das facilidades para aquisição de caminhonetes, a Ford também dispõe de diferenciais exclusivos para toda sua linha, é a única montadora do Brasil que oferece três anos de garantia para toda linha, pelo Ford Mobility. A marca ainda conta com as “promoções relâmpago”, que oferecem vantagens para aquisição de um Ford utilizando o financiamento. “Dias atrás estávamos com juro zero, eram 50% de entrada e juro zero para toda linha”, informou Reginaldo.

Todas estas vantagens se devem a revolução por que passa a Ford, com a divisão da Auto Latina, ocorrida a 5 anos atrás, a marca ganhou força e maior participação no mercado, aliado a isso, ainda conta com a participação decisiva na nova fábrica da Bahia, esta que é considerada a montadora tecnologicamente mais avançada do mundo, capaz de produzir um veículo a cada 80 segundos, com capacidade instalada para 250 mil unidades por ano, graças a inovadora “montagem modular seqüenciada”.

A diferença marcante em relação ao modelo tradicional de produção é que os fornecedores, em vez de apenas entregarem os componentes dos veículos na fábrica, atuam diretamente na linha de montagem e nos demais processos de produção. “Essa integração traz grandes vantagens em termos de flexibilidade, qualidade e redução de custos, para que se tenha uma produção racional e sem desperdícios", afirma Antônio Maciel Neto, presidente da Ford Motor Company Brasil.

Para brindar à isso, a marca estará lançando nacionalmente, no próximo dia 30 de março, o novo Ford Fiesta, um veículo que contará com recursos de modelo luxo, com preço de veículo popular. O novo Fiesta irá batizar a nova fábrica, que já estava operando desde outubro do ano passado, mas trata-se do primeiro modelo lançado pela montadora de Camaçari. “Apartir de janeiro do ano que vem temos novos lançamentos, a Ford está apostando para subir na participação de mercado de 9% a 10% para 15% até o meio do ano que vem”, anuncia o diretor da Regivel, Reginaldo Gomes Maia.

A nova concessionária Ford de Rio Verde, além de aumentar grandiosamente o leque de opções para se adquirir um veículo na cidade, também revitalizou o setor onde está instalada. Trouxe novo ânimo ao comércio além de incentivar novos investimentos nos arredores da loja. Isso é visto pelas reformas e ampliações a que se passam as empresas vizinhas a revenda. Maria das Graças, proprietária do restaurante Casa Nativa, vizinho frontal da Regivel, diz que recebeu vários elogios por ter sido privilegiada com a instalação da concessionária e ainda comenta a contribuição da empresa no bairro pelo fato de transformar um ponto abandonado em uma grande empreendimento. “Para o bairro, foi de muita importância, pois antes ali era esconderijo e moradia para andarilhos, viciados e ladrões, isto fazia anos”, desabafou.

Sem dúvida, trata-se de uma grande contribuição ao desenvolvimento de Rio Verde, que além de tudo gera 30 empregos diretos e indiretos em nossa cidade, sem se falar nas pessoas que foram ocupadas na realização da grande reforma pela qual o prédio da empresa passou.

Reginaldo Gomes, assim como sua equipe de vendas, formada por Rusiu, Zé Vilela, Fabiana, Manoel Vitorelli (o popular Boy, também gerente de vendas) e Geraldo só tem a agradecer pela boa recepção que a Regivel obteve em Rio Verde, fruto do excelente trabalho desenvolvido na cidade. “Nós fomos bem recebidos pela sociedade rio-verdense que nos prestigiou muito, estamos supersatisfeitos, supersatisfeitos mesmo! Nós temos muito a agradecer ao povo de Rio Verde”, exclamou Reginaldo.

Mas os investimentos do Grupo Regivel em Rio Verde não param por ai, as previsões de Reginaldo Gomes apontam mais ou menos para daqui dois anos, quando será instalada a Regivel Caminhões, que irá suprir o mercado rio-verdense com a linha de veículos de carga da Ford. “É um segmento que vem crescendo muito e nos estamos hoje vendendo somente até a F-4000. Mas para trabalhar com a linha cargo nós temos que montar outro investimento. Podem esperar, que dentro em breve nós temos novidades para Rio Verde”, finalizou.

Nenhum comentário: