Social Icons

twitterfacebookgoogle pluslinkedinemail

sexta-feira, 10 de maio de 2002

Sudoexpo movimenta Rio Verde por 7 dias

Reportagem publicada na edição nº 654 do Jornal Folha do Sudoeste, em maio de 2002

De 29 de abril a 5 de maio foi realizada a oitava edição da Feira da Indústria, Comércio e Prestação de Serviços do Sudoeste Goiano (Sudoexpo 2002), exposição que acontece de dois em dois anos na Feira Coberta, em Rio Verde. Na Segunda-feira, 29 de abril, a solenidade de abertura oficial contou com a presença do govenador de Goiás Marconi Perillo, o prefeito de Rio Verde Paulo Roberto Cunha e outras autoridades locais, estes abriram ao público sudoestino o evento que é hoje considerado o melhor no Estado, principalmente pela sua diversificação de setores, o que foi constatado não ser só propaganda, grandes e micro industrias, instituições financeiras, cooperativas agroindustriais, artistas plásticos, revendedoras de veículos, comércio de móveis e artigos femininos, prestadoras de serviços, instituições de ensino, empresas de tecnologia em informática e eletrônica, agências de publicidade, gráficas, construtoras, órgãos governamentais e meios de comunicação expuseram seus produtos e serviços, ao todo 112 estades, com grande êxito nesta mostra que teve como organizadora a Associação Comercial e Industrial de Rio Verde (Acirv), infra-estrutura a cargo da Tecnipron e apoio irrestrito do Sebrae-Goiás.
Na ocasião da abertura da feira, o governador Marconi Perillo falou da importância que o evento representa para o desenvolvimento de Goiás e região devido sua abrangência e organização voltada também aos micro-empresários, reafirmando o apoio disponibilizado em forma de parceria ao empreendimento rio-verdense. “Temos conhecimento de que a Sudoexpo, a cada realização, torna-se mais atrativa. Isso é muito importante para o desenvolvimento empresarial da região e do Estado. Dessa forma jamais poderíamos ficar alheios. Estaremos participando intensivamente da Sudoexpo 2002”, completou Marconi.
No mesmo tom, o prefeito Paulo Roberto Cunha, declarou que a prefeitura de Rio Verde não mediu esforços para a consolidação da Sudoexpo 2002 como a maior feira do gênero já realizada em Goiás. “É um grande orgulho para nós rio-verdenses ver o excelente trabalho que vem sendo realizado pela Acirv na organização deste evento que nos honra imensamente a cada dois anos com sua realização em nossa cidade!” Exclamou o prefeito. Realmente a Prefeitura de Rio Verde investiu pesadamente na exposição, tendo ocupado 30 estades para divulgação do trabalho da atual gestão, secretarias e microempresários que participam de programas de incentivo da mesma. A solenidade de abertura foi encerrada com as apresentações da Orquestra de Violeiros de Rio Verde e Alunos do Colégio Militar.

Rodada de Negócios
Como já era esperado, no ponto de vista econômico, a feira teve um esplendido sucesso através da realização da Rodada de Negócios, organizada pelo Sebrae nos dias 2 e 3 de maio, foram gerados R$ 14,2 milhões em negócios a serem realizados em curto, médio e longo prazo pelas empresas que participaram da iniciativa que consistia na aproximação de grandes empresas, chamadas de “empresas-âncoras”, geralmente industrias e órgãos governamentais, para com empresas menores, de prestação de serviços e fornecedores de matéria prima.

A aprovação por parte dos empresários participantes da Rodada foi grande, em pesquisa realizada pelo Sebrae, 51% destes empresários consideram como ótima, 47% como boa e somente 2% acharam o evento regular. Foram 15 empresas-âncoras e 80 empresas ofertantes de Rio Verde, Jataí, Piracanjuba, Goiatuba, Mineiros e Itubiara dos mais variados seguimentos, estas tiveram possibilidade de fechamento através dos 350 encontros de negócios realizados.

No mesmo auditório destinado a Rodada de Negócios, também foram proferidas palestras voltadas ao empresariado no dia 1º de maio. O tema “Como desenvolver a criatividade e a motivação nas organizações” foi abordado pela palestrante Deusilene leão, palestra organizada pela Acirv em parceria com o Banco do Brasil. O palestrante Maurício Keller Tamioso realizou workshop denominado "Divulgação do Empretec em Rio Verde”, parceria do Sebrae-Rio Verde e Acirv.

Entretenimento
Não só de bons negócios foi feita Sudoexpo 2002, ouve uma grande variedade de atrações para o divertimento dos visitantes da feira. Na área coberta do evento, alguns estandes disponibilizaram atrativos extras como videokê, shows musicais ao vivo, distribuição de brindes, promoções, desfiles e apresentações com modelos, bonecos infláveis e mascotes para divertir o público infantil. Na área externa, o Corpo de Bombeiros, além de montar estande com temas que priorizam a prevenção de acidentes e demonstração do seu trabalho, instalou uma torre para a prática do rapel, sendo sua participação aberta aos mais corajosos. Na área destinada a realização das apresentações musicais, foram instalados bares e restaurantes, além de uma homenagem ao saudoso colunista social Wellington Tibeira, a criação de uma sala de imprensa que leva seu nome.

As atrações musicais literalmente deram um show visto pela quantidade de pessoas que se concentravam dentro e fora da área do evento para assistirem os espetáculos. Em média, eram cerca de 9 mil pessoas/dia prestigiando os shows da Banda ONG e Jerimundos, na segunda-feira dia 29 de abril, Danilo & Danilel, na Quarta-feira dia 1º de maio, Jeito Baiano, na quinta-feira dia 2, Grupo 2 a 1, no Sábado dia 4 e Di Paulo & Paulinho, no encerramento, dia 5, Domingo. Já nos dias em que se apresentaram as grandes estrelas da festa, o público foi recorde na Sudoexpo. Na terça-feira, dia 30 de abril, o show do Skank trouxe para dentro da feira mais de 15 mil pessoas, estas que assistiram magnifico show do quarteto mineiro, fãs e simpatizantes participaram intensamente dançando e cantando os sucessos da banda. Amado Batista arrebanhou mais de 12 mil pessoas para as instalações da Sudoexpo 2002, o ritmo romântico-brega do cantor mais popular do Brasil animou os corações dos visitantes na sexta-feira, dia 3 de maio.

Todos os dias, posteriormente a apresentação dos shows principais, a animação era continuada por artistas locais no palco e nos bares instalados na feira até por volta das 4 horas da madrugada.

Balanço
Segundo os organizadores, o resultado foi mais do que positivo, o publico compareceu intensamente durante todos os dias do evento e nem a forte chuva que se deu em Rio Verde no Sábado, dia 4 de maio, foi suficiente para interferir no sucesso da Feira.

Grande foi a satisfação dos expositores, visto pela quantidade negócios efetuados durante a feira. “As comercializações promovidas pelo evento surtiram efeito durante a mostra e também a curto, médio e a longo prazo. O retorno sempre é medido no período entre uma feira e outra. E essa é a expectativa até o ano 2004, quando acontecerá a 9ª Sudoexpo”, explica Rubens Leão de Lemos Barroso, presidente da Acirv.

O que pode se notar nesta edição da feira foi um grande amadurecimento na visão empreendedorística dos empresários que expuseram no evento, grande foi o investimento em marketing e publicidade, infra-estrutura ao público e novidades a serem mostradas aos visitantes. Prova de que o empresário da região está se adaptando, tornando suas empresas cada vez mais capacitadas ao mercado consumidor sempre mais exigente também aqui, no Sudoeste goiano.

Nenhum comentário: