Social Icons

twitterfacebookgoogle pluslinkedinemail

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Arrocha e outros ritmos embalam o Projeto Freguesia

(Imagem: Ascom/Funcaju)

Domingo tem Projeto Freguesia e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Aracaju (Funcaju) leva à feira da Praça Tobias Barreto, bairro São José, o “Nossa Cor”. O arrocha universitário do grupo vai animar turistas, visitantes e feirantes, neste dia 5 de agosto, a partir das 18h.

Guna, o cantor e Alceu, o tecladista, formam o Nossa Cor. O grupo tem um histórico de carreira voltado para o arrocha, mas, influenciado pelas novas tendências e apelo do seu público, cada vez mais eclético, também faz apresentações com os mais variados estilos. A mudança é tamanha que depois de lançar cinco CD’s fiéis ao ritmo original da banda, fez três outros, “Junto e Misturado” volumes 1, 2 e 3, acrescentando ao “caldo” original: samba, pagode, sertanejo, forró, pisadinha e até lambada.

“Como nos apresentamos em lugares com públicos dos mais variados gostos, tentamos agradar a cada um cantando, nem que sejam duas ou três das canções, que toquem fundo no coração daquela pessoa”, revela Guna, também autor das canções que, “misturadas” a interpretações de outros sucessos nos estilos abraçados pelo grupo, compõem os discos do Nossa Cor, com destaque para “Baby Preciso” e “Te amo amor”, já na boca dos apreciadores do arrocha romântico. No domingo, soma-se o guitarrista Charles à dupla, numa participação especial para o Projeto Freguesia.

A Feira de Aratipe, que acontece todos os sábados na Orla de Atalaia, extraordinariamente não conta com o Projeto Freguesia neste fim de semana, já que na praça de eventos da orla ocorre, no mesmo horário, outro show. Mas o projeto retorna à orla na próxima semana, dia 11, quando os artistas Luiz Carlos e Joyce apresentam suas interpretações da MPB a partir das 20 horas.

O Projeto Freguesia
No Freguesia, a Funcaju leva cultura às feiras livres da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), organizadas em parceria com a Fundação Municipal do Trabalho (Fundat). A iniciativa prioriza a geração de renda aos pequenos empreendedores e artesãos que comercializam nesses espaços. O turismo também é foco do projeto, criando mais esse destino para as compras, alimentação com comidas típicas e entretenimento aos visitantes.

Nenhum comentário: